Páginas

25 de mai de 2011

“A maior dor do vento é não ser colorido”.

Mário Quintana

Nenhum comentário:

Postar um comentário