Páginas

27 de fev de 2011


“Dualismo eterno em nossa mente
O certo e o errado, o sim e o não
Atrás de tudo há sempre uma outra visão
Um beco estreito ou um vale numa imensidão
Um choro fraco mostra um momento de dor
Ou muitas vezes a esperança de um grande amor…”

Rosa de Saron

Nenhum comentário:

Postar um comentário